Como conheci Fátima Trindade

Como conheci Fátima Trindade


Conheci a Fá em um momento difícil, onde ela estava vindo de uma fratura no pé e na perna e me procurou para, depois de ter feito suas sessões de fisioterapia, fazer o trabalho de fortalecimento muscular. Foi quando começamos com um trabalho forte de propriocepção, para perder o medo e com isso poder andar naturalmente. Daí em diante ela foi evoluindo e se apaixonou absurdamente pela musculação, onde, através de sua dedicação, empenho, perseverança e motivação adquiriu resultados surpreendentes.

Há quase 2 anos treinando comigo, raramente falta aos treinos, e quando era preciso, faz questão de remarcar a aula perdida. Não é à toa que hoje está com o shape admirável.

Para quem chegou com pé e perna fraturados, hoje serve de motivação para todos os outros alunos da academia, onde é respeitada e admirada. Por isso fica minha mensagem a todos que admiram a Fá como eu: Insista, persista, mas nunca desista, pois se hoje ela está assim, foi porque ralou e rala muito em seus treinamentos.

Parabéns, Fá, pela pessoa que é e por hoje grande amiga. Admiro muito você! Beijos!



Comentários